terça-feira, 30 de março de 2010

COLOCANDO A CONVERSA EM DIA

Olá, amigos!
Meu computador esteve essas últimas semanas com 'pandemicro', nada funcionava direito por aqui. Aí com uns cliques aqui, outros ali, o técnico resolveu rapidinho. Acho que o problema estava mesmo entre o teclado e a cadeira. :=(
Mas tenho um monte de novidades prá contar. Coisas boas.




***


Nectan Reflexões
Primeiro quero agradecer de coração aos selinhos que recebi do meu amado amigo Jorge, dos blogs Estudando Espiritismo e Nectan Reflexões.
Pelos Caminhos da Evangelização
A Alice Lirio também me trouxe um presente lindo. Ela é a autora do Pelos Caminhos da Evangelização, um ótimo blog voltado para a evangelização infantil e é lá que me socorro quando preciso preparar minhas aulinhas.
Obrigada!!!








***

Aproveito para desejar as boas-vindas aos novos amigos do Celeiro. 
Quando comecei a colocar aqui textos espíritas, minha idéia era juntar num lugar só, tudo de bom e instrutivo que eu ia lendo pela Net, numa época da minha vida, que tudo o mais estava perdendo o sentido. 
 Foi nascendo o blog e chegando pessoas que se juntavam a mim, nessa leitura. 
Num outro post, "Sobre o Blog", eu conto mais sobre isso. Mas fica aqui minha gratidão pela presença de todos vocês, que estão ali do ladinho, me fazendo companhia nessa caminhada em busca da luz.




***


Mês passado comecei uma série de posts, que serão sempre mensais, sobre blogs que indico.
Foi uma forma que encontrei de agradecer pelo que de bom me trazem, de divulgar aqui no Celeiro bons sites de conteúdo de auto-ajuda, espiritualista e espírita e de valorizar o trabalho de tanta gente boa que se empenha em escrever coisas que aquecem a alma e enriquecem a razão.
Já, já trago o 2º Meu Blog do Mês.




***


Há pouco tempo tive a alegria de conhecer de perto o trabalho voluntário do pessoal do CVV.
Uma das minhas irmãs passa por um processo de severa depressão e precisou da ajuda desse grupo. Hoje ela ainda luta pela vontade de viver, mas no momento em  estava decidida ao suicídio, foi um desconhecido ao telefone que despertou nela a vontade de reaprender a amar a vida.
Em outro post contarei um pouco sobre Centro de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio e do  curso para seleção de vonluntário que eu estou fazendo lá.




***



Tive pensando numa forma da gente interagir melhor, aqui no Blog; dele ser um cantinho mais útil a quem chega ao espiritismo cheio de dúvidas e preconceitos e mesmo a nós, aprendizes espíritas, que acabamos nos tornando prolixos demais quando o assunto é a D.E.
A culpa é do Jorge, que postou um comentário aqui, que me deixou com a pulga atrás da orelha...rs. Pior (quer dizer, melhor) que ele tinha toda razão!

Pensei em algo simples, acessível mesmo a quem só ouviu falar em Doutrina Espírita. 
Usando algumas perguntas que recebi por e-mail, de pessoas que sentem-se tímidas em expô-las nos comentários do Blog, algumas que vi pelas minhas andanças na Net e outras que me ocorreram mesmo, construiríamos um diálogo fraterno, uma espécie da sala de estudos, onde toda contribuição é importante.  

Prá dar certo, quero muito contar com todos vocês, que desejarem dar seu ponto de vista sobre questões sucintas e comuns ao nosso dia-a-dia .
Seja opinando, enviando perguntas, colocando respostas com embasamento na Codificação e obras complementares, sugerindo obras para leituras que melhorem o nosso entendimento das questões pertinentes... toda contribuição será bem-vinda e só vem prá enriquecer nosso aprendizado.
Ficará um link permanente, lá em cima da página, junto aos ícones de navegação. Assim ficará mais fácil localizar todas as perguntas que forem virando postagens. 
O espaço é nosso.



***


Por enquanto é só, amados. Agora vou organizar os próximos posts.
Bjos e uma linda manhã de terça- feira prá todos!

2 comentários:

Postar um comentário

Nós sempre precisamos de amigos.
Gente que seja capaz de nos indicar direções, despertar o que temos de melhor e ajudar a retirar os excessos que nos tornam pesados.
É bom ter amigos.
Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos.

Seja sempre bem vindo, amigo(a).