quarta-feira, 16 de junho de 2010

FALA-SE

Fala-se tanto em compreensão, lealdade, dedicação, responsabilidade, cumplicidade, dedicação e assim vai afora, tantos conceitos cada um com seu significado. 

Quando lemos algum texto com o qual nos sensibilizamos é porque estamos vivendo de alguma forma uma situação que envolve esse tipo de sentimento. 

Estamos em constante aprendizado. Aprender a se lapidar, se melhorar, amadurecer, para cada um de nós não é fácil. Envolve muitas vezes dor que precisamos viver, e não fugir, para atingir o nosso objetivo. Falar, apontar, julgar, condenar é fácil. Jogar a responsabilidade no outro ou para o outro é estar fugindo de si mesmo. É estar se distanciando da oportunidade de enfrentar e crescer. 

Somos, em grande parte, egoístas com nós mesmos, nos envolvemos em situações que acreditamos ser problema, quando na verdade é apenas uma criação nossa e não do tamanho como o vemos. 
Deixar de ser egoísta, orgulhoso, e sim, assumir cada situação com responsabilidade. Com humildade tudo fica mais leve, e com mais rapidez solucionamos nossos conflitos. Enxergamos com nitidez o que necessitamos realizar. Encontramos, portanto, as soluções para cada situação que se apresenta em nosso dia-a-dia. 

Querer olhar para si, com coragem de enxergar além do tanto que temos de bom e o tanto que temos ainda que nos melhorar é ser humilde. Sendo humilde vivemos mais felizes. Ser humilde também é saber o que significa naquele momento para nós mesmos, o Sim e o Não. Ser humilde é saber se respeitar e sabendo se respeitar, sabemos também respeitar o outro.


Viver é estar em constante movimento. Movimento de interesse por se melhorar a cada instante. Nós nos ajudamos tendo bons hábitos: ler livros com conteúdos saudáveis; cuidar da saúde do corpo e da alma; propor-se a olhar seu dia-a-dia com positivismo, otimismo;...



Veja; cuidar de si para ser e estar bem, é também estar cuidando do outro. Saiba; precisamos estar peneirando o que se ouve e o que se fala, deixando ficar somente o que nos nutre e deixando ir o que nos intoxica.

Se permita estar num contínuo crescer.

Este texto é da Geny Luzia de Almeida.
Original no site  Aldeia da Vida

8 comentários:

Postar um comentário

Nós sempre precisamos de amigos.
Gente que seja capaz de nos indicar direções, despertar o que temos de melhor e ajudar a retirar os excessos que nos tornam pesados.
É bom ter amigos.
Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos.

Seja sempre bem vindo, amigo(a).